Minha Opinião # 4 - Só por Amor

16:23 Helena Dias 1 Comments


Nota: 
Livro: Só por amor
Autora: Mônica de Castro (ditado pelo espírito Leonel)
Sinopse: Só por amor é um livro espírita, que conta a história de Januário, um jagunço e assassino morador do interior do Ceará. Após sequestrar um bebê, cujos pais acabara de matar, ele foge pata o Rio de Janeiro, onde constrói uma vida honesta. Dezoito anos se passaram e Januário se vê frente a frente com o passado, colocando-o em uma encruzilhada: matar novamente ou morrer na prisão.




Curiosidade:A autora escreveu essa obra quando ainda era uma iniciante no espiritismo e acredita que ele pode ser uma lição de vida.

1 comentários:

Dica # 4 - A Bolha

15:04 Helena Dias 0 Comments


(Mas, o que é A Bolha?)

A Bolha é uma editora independente especializada em títulos traduzidos, mas também está interessada em publicar autores brasileiros que não têm medo de se arriscar.

(E aí?)

0 comentários:

Dica # 3 - 9ª Feira de Troca de Livros

09:45 Helena Dias 0 Comments



Ei, você que mora em Sampa! É, você mesmo! Essa dica é para você.

0 comentários:

Minha Opinião # 3 - The Shack [A Cabana]

13:52 Helena Dias 15 Comments

Nota: 
Livro: The Shack (A Cabana)
Autor: William P. Young
Editora: Arqueiro

Sinopse: A Cabana conta a história de Mackenzie, que durante muito tempo viveu imerso em um mar de dor e sofrimento causados pelo sequestro e morte de Melissa (Missy), sua filha mais nova. Mack, como é chamado por amigos e familiares, nunca foi um beato e, desde a perda de sua filha, sua relação com o Celestial deteriorou. Após um tempo depois do ocorrido, em uma manhã gelada de inverno, Mack recebe um misterioso bilhete, convidando-o a voltar à cena do homicídio de Missy: uma cabana antiga e de dificílimo acesso. A partir daquele dia, a vida de Mackenzie nunca mais seria a mesma.

A história é narrada por Willie, melhor amigo de Mack e, portanto, na terceira pessoa do singular.

Curiosidade: O Brasil foi o único país que tentou colocar o livro no gênero de auto-ajuda. Livros de auto-ajuda são sobre pessoas tentando mudar a própria vida e, por isso, o autor classifica a sua obra como livro de "ajuda divina", não de auto-ajuda. 

15 comentários:

Dica # 2 - Leitura Alimenta

13:21 Helena Dias 4 Comments


Acredito na leitura como uma forma de viajar por novos mundos. Um livro na mão é como se libertar da realidade que vivemos, ainda que estejamos em uma era digital, com tanto conteúdo na internet.

4 comentários:

Dica # 1

11:33 Helena Dias 2 Comments


Na realidade, eu gostaria de compartilhar duas dicas com vocês.

#1 - Pequenos Leitores


Ontem, eu estava passeando pelo Shopping Grande Rio, localizado na cidade de São João de Meriti - RJ, e, assim que passei pela entrada principal, me deparei com um big estande montado e dentro dele uma feirinha de livros infantis (nem preciso dizer que eu já quis ver, né?!?! rs). Não resisti e já fui dar aquela espiadinha.

2 comentários:

Minha Opinião # 2 - Saco de Ossos

13:57 Helena Dias 1 Comments

Nota: 
Livro: Saco de Ossos
Autor: Stephen King
Sinopse: Mike Noonan, um romancista de sucesso, vê sua vida subitamente transformada com a morte de sua esposa, Jo. Passam-se quatro anos desde a morte de sua amada e os sentimentos são os mesmos: desânimo, tristeza e a sensação de que nunca mais conseguirá escrever. Diante da tela em branco do computador, ele vê o vazio doloroso que passou a dominar seus dias. Nem mesmo o sono é capaz de fazê-lo descansar. Noonan é atormentados por terríveis pesadelos com a casa do lago onde ele e Jo viveram momentos incrivelmente felizes. A única saída parece ser voltar até lá, acertar as contas com o passado e tentar reencontrar seu caminho.

Curiosidade: Esse livro foi publicado em 1998 pela Editora Objetiva em volume único e também foi lançado em dois volumes com capa dura pela Planeta D'Agostini.

1 comentários:

Aquisições # 1

15:14 Helena Dias 2 Comments



Para quem mora, estuda, trabalha, frequenta ou tem disponibilidade de ir à cidade de Duque de Caxias, aí vai uma dica.

No centro, especificamente na Praça do Pacificador (Teatro Raul Cortez), está acontecendo a Feira Itinerante de Livros. Durante todo o mês de abril, a feira ficará aberta de segunda a sábado das 9h às 19h.

Embora a feira tenha diminuído de tamanho este ano (ano passado eram dois corredores de estandes), a quantidade de exemplares (novos, semi-novos e usados) é impressionante. Tem livro para todos os gostos e bolsos e, tem promoção em quase todos os estandes. Além disso, alguns estandes ainda aceitam cartão de crédito e débito (uhuull).

Dessa forma, o mais atento consegue garimpar um ou mais livros desejados por preços ótimos.

Enfim, falei demais. Vamos aos livros.




Como todo bookaholic que se preze, eu não posso ver uma feira de livros que já quero comprar a feira toda. E dessa vez não foi diferente. Comprei 5 livros, como pode-se ver na foto. E, sabem o melhor de tudo? Só gastei 25 reais (isso mesmo, você leu o valor certo). 

Já conheço o estilo do Sheldon e do Ken (eu e essa minha mania de intimidade com os autores) e gosto de ambos de graça.

O livro "O leitor fingido", de Fábio Carneiro, chamou a minha atenção exatamente pelo título. Depois que li a sinopse, me interessei ainda mais. Sempre gostei de me aventurar com autores desconhecidos para mim. 

Já o livro "A publicidade é um cadáver que nos sorri", de Oliviero Toscani, comprei por conta da faculdade que eu curso (Publicidade e Propaganda) e por já ter ouvido falar das polêmicas campanhas publicitárias que ele inventou.

Então, essas foram as minhas comprinhas. Como a feira só terminará no fim do mês, tenho quase certeza de que acabarei comprando mais alguns livros. Veremos!! rs

2 comentários:

Minha Opinião # 1 - O Caso dos Dez Negrinhos

15:14 Helena Dias 5 Comments

Nota
Livro: O caso dos dez negrinhos
Autora: Agatha Christie
Sinopse: Em "O caso dos dez negrinhos", Agatha Christie narra a história de dez pessoas com um passado escondido, que se hospedam na Ilha do Negro a convite do misterioso Sr. U. N. Owen. O anfitrião não aparece e, depois de um jantar perfeito, ouve-se uma voz acusando cada um de crimes ocorridos há muito tempo e que estavam apagados na memória de todos. 
O pânico surge e mortes inexplicáveis começam a acontecer. Nos quartos, em forma de quadro, está a sentença dos criminosos: o poema infantil dos Dez Negrinhos. A cada execução desaparece um negrinho de porcelana que enfeitava a mesa de jantar. E aí, quem será o assassino?

Curiosidade: O título causou polêmica nos Estados Unidos, sendo acusado de racismo. Por isso, no mercado norte-americano, ele é conhecido como And then there were none (E não sobrou nenhum).

5 comentários:

EU NÃO FAÇO RESENHAS!!

16:18 Helena Dias 6 Comments




Antes de começar a postar sobre os livros, quero esclarecer uma coisa.

Vou começar assim:

Percebo que o crescimento de blogs literários vem aumentando de uma forma exagerada nos últimos anos. Não que isso seja ruim, mas também não é 100% bom. De certa forma, isso se tornou um narcisismo literário e não uma troca de experiência entre leitores.
Acontece que muitas pessoas, ao relatar a sua experiência com o livro, são tomadas por uma onda de empolgação e acabam não prestando atenção no que estão escrevendo. Como assim? Vou explicar. Já vi situações em alguns blogs, em que a pessoa colocou muitos spoilers, revelando partes importantes e/ou cruciais da história narrada. Isso causa até certa revolta – pelo menos em mim.

É por esse motivo que, no meu recém-criado blog, eu não vou fazer resenhas. Resenhas exigem muita prática e tempo, além de respeitar normas. E, eu não quero correr o risco de ser o estraga prazeres de ninguém e acabar com o tesão que a pessoa tinha no livro. O que eu vou fazer, então? Meu objetivo é dar a minha opinião sobre a obra como leitora, que eu sou. Não estou interessada em normas, muito menos em fazer uma resenha com todos os seus detalhes.
É apenas uma forma de interagir com outras pessoas que gostam de ler, sejam elas bookaholics ou não.

Beijos!!

6 comentários: