[MINHA OPINIÃO] Chamado das Sombras - Matheus Marx

14:24 Helena Dias 6 Comments

Livro: Chamado das Sombras
Autor: Matheus Marx
Editora: Novo Século (Novos Talentos da Literatura)
Sinopse: Misteriosamente, a Princesa Eleanor desaparece sem deixar vestígios, e ninguém é capaz de explicar seu paradeiro. Numa busca extensa e persistente por sua amada, o Príncipe Carmanni luta por respostas que não parecem estar ao seu alcance. Ao longo de uma jornada insistente e obscura, sempre que ele parece se aproximar da verdade, sombras fúnebres surgem. Cada parte desvendada do enigma leva a ainda mais mistérios sombrios, e, ao desvendar o sumiço misterioso de Eleanor, ele verá que há coisas muito maiores, perigosas e assustadoras se escondendo por trás das sombras que escurecem seu caminho até a verdade. Horrores apavorantes esgueiram-se, e o Príncipe que não só a sua vida está e perigo - mas a de todos à sua volta.

Minha opinião: Minha primeira impressão do livro foi a maneira como Matheus escreve. A sua escrita é impecavelmente linda, com um vocabulário muito rico. Mas, confesso que nas primeiras 50 páginas do livro eu estava achando meio monótono. Resolvi prosseguir a leitura mesmo assim e ainda bem que eu continuei. Nas páginas seguintes, mais precisamente quando Carmanni chega a Cogumelo Venenoso, a história da uma virada surpreendente. Nesse momento, eu comecei a perceber o tipo de literatura que eu encontraria nas páginas desse livro e fiquei bem mais empolgada.

"Depois começou aquela terrível sensação, aquela que se sente quando descobre que um ente muito querido morreu, mesmo que, talvez, não seja o caso." p. 16

Dividido em cinco partes, o livro tem personagens singulares, cada um com suas características, assim como sua parte na história. Parece que todos eles tem um quê de mistério rolando dentro de si e/ou em algum momento de suas vidas. Isso te leva a querer adivinhar tudo sobre todos, o que é bem legal na essência de um livro.

"Sussurrou algo para ela de longe, algo que poderia ter sido um 'espero que melhore' ou talvez um 'eu te amo'." p. 219

Por várias vezes pensei em como seriam esses personagens em uma continuação, mas tudo começou a ficar mais claro a partir do final da terceira parte. Não vou dizer que fiquei super surpreendida porque algumas partes foram previsíveis para mim. O mistério por trás do homem de preto foi o que menos me surpreendeu, pois eu já desconfiava de um personagem em específico. E acertei. Mas, esse fato não tornou o livro ruim de maneira alguma. Continua sendo uma ótima leitura. 

"Ele havia procurado pelo perigo e agora não adiantava ir embora. Começos sempre precisam de finais." p. 237

Chamado das Sombras é um livro que te mostra muito além da felicidade por trás do amor. Ele mostra que esse sentimento também pode trazer muita dor, perda, desconfiança. Tudo isso, contado de uma maneira sombria e obscura. Particularmente, eu gostei muito da maneira do autor de escrever. De certa forma, eu me senti livre o suficiente para criar minhas próprias teorias sobre a história, principalmente sobre o título: são as sombras chamando por alguém ou alguém vindo das sombras para "acabar com a paz mundial"?

"- A loucura é uma dádiva do mundo em que vivemos - disse Josefina." p. 262

Leiam e sintam a mesma liberdade que eu senti. 


Beijos Literários.

6 comentários:

Parceria: A Base do Iceberg - Flávio Sanso

13:22 Helena Dias 2 Comments

Oii, seus lindos!!!

Vamos falar de parceria?!
Hoje, vim apresentar para vocês o mais novo autor parceiro do blog, Flávio Sanso.




Flávio nasceu em janeiro de 1980 e é formado em Direito. É editor do site Coruja Cultural, que é dedicado à divulgação de artistas e eventos culturais. Além disso, o autor mantém o site Reticência, em que publica seus contos, crônicas e poesias. A Base do Iceberg é seu primeiro romance. 
Twitter • Skoob


LIVRO





A Base do Iceberg conta Pedro, um jornalista aficionado pela história de seu país, principalmente quando se trata de um episódio conhecido como a Revolução Fraterna.
Em meio a conflitos internos, que evolvem a culpa pelo fim de seu casamento e o desmoronamento de sua carreira, ele tem a oportunidade de trabalhar em um projeto que lhe permite extravasar seu idealismo. Mas essa também será a forma de descobrir que tudo vai muito mais além do que aquilo que se pensa conhecer.



"É estranho abrir os olhos após o nada. A existência, que havia sido suspensa, é acionada pela caridade, e então emergimos do grande vazio em que estávamos mergulhados. Acordar é um ato desesperador. Se não nos damos conta disso, é por causa da reiterada prática de despertar a que estamos submetidos desde o primeiro choro. Ainda não conheço alguém, além de mim, que nunca tenha sonhado o tipo de sonho que se tem durante o sono.

Naquela manhã ironicamente ensolarada, gostaria de sabotar as engrenagens do tempo, de maneira a adiar o início o dia, mas era como permanecer teimosamente estático no caminho de ma gigantesca bola de neve. Os dias vêm e nos arrastam com eles."

FacebookSkoob


Em breve, teremos resenha do livro aqui no blog. Estou ansiosa para começar a ler, pois me interessei muito pelo tema. Parece ser o gênero de livros que eu gosto muito.

Beijos Literários.


2 comentários:

[NOVIDADES] Novo lançamento do livro "Contos e Crônicas do Absurdo"

18:57 Helena Dias 6 Comments

Oii, seus lindos. Tudo bem com vocês?

Então, hoje eu passei aqui pra dar uma notícia bem rapidinha.

A nossa autora parceira, Rô Mierling, vai lançar uma nova edição do seu livro, Contos e Crônicas do Absurdo. Quem não ainda não teve a oportunidade de ler esse livro, não perca a chance de adquirir o seu. Clique aqui para saber sobre o primeiro lançamento.








Essa é a primeira edição do livro, que foi lançada em junho, pela editora Scortecci. Eu resenhei o livro, ainda nessa edição. Se você não leu, clique aqui e saiba o que eu achei. 







A nova edição, entretanto, será lançada pela editora Multifoco, no dia 30 de novembro. Além disso, a mesma contará com uma capa novíssima. 

E aqui a capa inteira.


E, adivinhem quem fez a capa? Se você pensou naquela que vos escreve, BINGO!! (rs)
Isso mesmo, eu tive o imenso prazer de trabalhar ao lado da autora e fazer a nova capa do seu livro. 
O que acharam? 

Mais novidades na fanpage: Crônicas do Absurdo

Beijos Literários!!


6 comentários:

[MINHA OPINIÃO] Mistérios Noturnos - J. R. Ward, Sherrilyn Kenyon, Susan Squires e Dianna Love

16:26 Helena Dias 2 Comments


Livro: Mistérios Noturnos
Autoras: J. R. Ward, Sherrilyn Kenyon, Susan Squires e Dianna Love.
Editora: Universo dos Livros

 






Sinopse: "Mistérios Noturnos" reúne contos das quatro maiores autoras do romance erótico contemporâneo. Quem é fã da Irmandade da Adaga Negra não pode perder essas histórias de paixões arrebatadoras e criaturas fantásticas. Em um só livro, Sherrilyn Kenyon, J. R. Ward, Susan Squires e Dianna Love revelam aventuras eletrizantes. Vampiros apaixonados que lutam pela sobrevivência da espécie, bruxas sensuais e perigosas e um clã de lobisomens para lá de especial surpreendem a cada virada de página.


Minha opinião: Como diz na própria sinopse, "Mistérios Noturnos" é uma coletânea composta por quatro contos, que possuem um enredo sobrenatural e erótico, contendo, em média, 100 páginas cada um. Ao contrário do que possam pensar, as histórias não foram escolhidas de modo aleatório. Todas elas são romances entre seres sobrenaturais, entre um ser sobrenatural e um mortal e etc. Cada conto possui as características específicas das suas autoras, e isso fica bem explícito conforme a leitura vai correndo.

O primeiro conto,"História Familiar" (é sério que isso é o título?!), foi escrito pela J. R. Ward e, para quem já conhece a autora, sabe que seu foco principal são os vampiros. Nessa história, Claire, uma advogada de sucesso, vai visitar uma misteriosa cliente e acaba se apaixonando por um vampiro que está em cativeiro por um longo tempo.

"Claire gemeu quando o calor percorreu seu corpo e as danças da sucção se espalharam, depois daquela boca macia estabelecer um ritmo. Ela não sabia exatamente quando o tocou. Simplesmente aconteceu. Suas mãos apoiaram-se nos ombros dele. Ponto." p. 37

O relacionamento dos dois é bonito e puro, principalmente devido a inocência do personagem masculino. De uma forma geral, os fatos acontecidos não são surpreendentes e podem ser previstos pelo leitor. Entretanto, isso não foi uma coisa ruim. Pelo contrário, deixou a leitura mais natural. Para aqueles acostumados aos vampiros atuais, estilo Vampire Diaries e afins, acho que não agradará tanto. Mas, ainda assim, dê uma chance.



"A Sombra da Lua" é o segundo conto do livro e foi escrito pela Sherrilyn Kenyon. O enredo é sobre um casal ligado pelo passado, mas separado pelas diferenças de suas espécies e por grupos que guerreiam entre si. O romance é muito bonito e a descrição dos cenários e personagens é bem incomum. O mocinho não é aquele típico "bom moço". Ele é irônico e um tanto rebelde, mas cheio de sentimentos. Além disso, esse conto tem um forte apego familiar, deixando o mesmo um pouco mais envolvente.

"Os músculos de Fury se flexionaram enquanto ele colhia, como se fossem frutos proibidos, os seios nas mãos." p. 193

Nunca tinha lido nada da autora e sinceramente não sei se quero ler novamente. Achei tudo meio confuso e doido. São muitas informações e situações que, para mim, não havia sentido em tê-las ali, na história. Pesquisei um pouco e parece que alguns personagens foram ou serão protagonistas da série Dark Hunters, principal série da autora. (podem me corrigir, se eu estiver errada)
Ou seja, pessoas que não estão familiarizadas com a série (tipo eu) ficam como? Acho que isso não foi uma escolha feliz, se pensarmos nesses que não conhecem a série.Também não curti o final. Acredito que poderia ter sido melhor elaborado. (Não vou dar detalhes por motivos de spoiler)



No terceiro conto do livro, "Além da Noite", da Susan Squires, fiquei encantada com a época escolhida para a narrativa, uma Londres antiga. Nessa história, temos um protagonista masculino, que retorna a sua cidade depois de anos, em busca da jovem que havia roubado seu coração e da tão almejada vingança contra o pai da moça. Porém, o que ele encontra no seu caminho é uma bela jovem, vivendo na mansão que ele acabara de comprar. O relacionamento dos dois trata muito sobre a superação que ambos precisam para conseguir levar as suas vidas adiante.

"Ele enrijeceu quando as palmas das mãos dela acariciaram as cicatrizes em suas costas." p. 257

Dentro desse enredo pode-se encontrar muita paixão e desejo. Mesmo sendo a história mais erótica e sensual do livro, foi, também, a mais simples e sem graça quando o assunto desvia para o sobrenatural. Eu gosto muito mais da parte erótica, mas como a proposta do livro era ter ambos os gêneros, afirmo que esse conto deixou a desejar na questão sobrenatural. Faltou um pouco mais de mistério, até porque o erotismo acabou sobressaindo muito mais. Ainda assim, o conto não é de todo ruim. Apesar de ter o final bonito, não achei que foi marcante.



O último, mas não menos importante, "O Beijo de Adeus à Meia-Noite", escrito pela Dianna Love, conta a história de um guerreiro e uma bruxa, cheia de poderes que podem colocar em risco a sua vida. Após anos separados, se reencontram, se unem para derrotar um guerreiro do mal e revivem sentimentos esquecidos com o tempo.

"Ela tremeu e seus dedos apertaram o travesseiro sobre o qual apoiava a cabeça. Seu peito se curvou com o movimento." p. 356

Os personagens centrais são muito bem construídos e, nesse enredo, temos o típico mocinho de arrancar suspiros. Essa história, a meu ver, foi o oposto do terceiro conto. O lado sobrenatural é muito bom, as cenas tem batalhas mágicas que fazem a imaginação fluir. Mas achei que faltou erotismo e sensualidade, nas cenas de sexo. E o final? Ahh, o final atingiu as minhas expectativas, até fiquei com vontade de ler outras coisas da autora.



Bom, de um modo geral, o livro é bem traduzido. A diagramação é bonita e bem feita. Meu preferido foi o primeiro conto, devido ao estilo do vampiro retratado. Lembra muito os vampiros de Anne Rice, e eu adoro esses vampiros "clássicos".
Apesar de ter gostado das histórias, eu acredito que as partes sobrenaturais poderiam ter sido retiradas, deixando apenas a parte erótica. Eu prefiro assim, mas claro que é apenas a minha opinião. Repito: os contos são muito bons. Se você curte esse tipo de leitura e é maior de 18 anos, eu aconselho que leia sim. As histórias tem intensidade, sentimento, sedução e mistério.

 / 

Beijos Literários!!







P.S.: Eu disse maior de 18 anos porque os contos têm muitas cenas de sexo detalhado. Nada de vocabulário de baixo calão ou algo do tipo, mas são cenas hot.

2 comentários:

[SORTEIO] Doces ou Travessuras

11:47 Helena Dias 51 Comments

Oi, seus lindos!!

Bom, esse é o mês do Halloween e das crianças. Como queríamos fazer uma promoção que tivesse ambas as opções, o Café com Livro e alguns parceiros se uniram para trazer a Promoção Doces ou Travessuras.



A promoção consiste no sorteio de 4 kits de livros. Os dois primeiros são inspirados em histórias infantis, homenageando o dia das crianças (Doce). Já o dois últimos são temas de suspense, terror e realidade, feitos para homenagear o Halloween (Travessuras). São eles:

Kit Encantadas: Veneno; Feitiço e Poder
Kit Mundo da Fantasia: O Lado mais Sombrio; Atrás do Espelho e O Mágico de Oz
Kit: Mistérios do Mundo: A Estrada da Noite; Para Sempre e Contos e Crônicas do Absurdo
Kit Faces do Medo: Misery; Mácara e Crônicas e Absinto

Para concorrer, é só seguir o regulamento e não deixar nenhuma etapa de fora. Vamos conferir todos os ganhadores com muito cuidado antes de anunciá-los.

Regras:

- Preencher os formulário (Rafflecopter) com as opções obrigatórias, e as chances extras serão liberadas. (se não souber usar, clique aqui)
- Ser residente em território nacional.
- O ganhador terá 3 dias para responder o e-mail, caso contrário haverá um novo sorteio.
- Os blogs não se responsabilizam pelo extravio dos correios ou informação de endereço errado.
- O sorteio terá inicio dia 10/10/2014 e término em 10/11/2014
- O resultado sairá até 3 dias após a data final.
- Cada blog é responsável pelo envio do livro que cedeu para o sorteio e terá 30 dias para o envio. (Os ganhadores serão informados sobre isso por e-mail)
- Perfis fakes ou utilizados apenas para participar da promoção serão desclassificados.

VAMOS LÁ!!

KIT ENCANTADAS


a Rafflecopter giveaway

KIT MUNDOS DA FANTASIA



a Rafflecopter giveaway

KIT MISTÉRIOS DO MUNDO



a Rafflecopter giveaway

KIT FACES DO MEDO



a Rafflecopter giveaway


BOA SORTE!!!

51 comentários:

[DICA] Celebrando o Halloween 2014

18:05 Helena Dias 8 Comments

Na verdade, os tópicos que serão citados provém de uma tag, chamada Tag dos Infernos, criada pela Tatiana Feltrin, do Tiny Little Thing. (Clique aqui para o canal dela no YouTube)
Como não costumo fazer tags, mas gostei dos tópicos, resolvi colocar como dicas para celebrar o Halloween (Fazer o que se aqui, no Brasil, não saímos nas ruas pedindo doces ou travessuras?! rs)


O mês de outubro também tem o dia das crianças e o dia dos professores, eu sei. E eu poderia ter feito para esses dias também, mas achei que seria muito mais divertido dar dicas só de Halloween. [hehe]

Vamos lá!!

♦ 3 DESENHOS ou ANIMES
A tag original não tem animes (só fala desenhos mesmo). Eu coloquei porque citei dois.

High School of Death


A história começa em uma manhã de aula normal, quando Komuro Takashi observava do telhado da escola um homem suspeito causando certa confusão. Um dos professores é mordido por esse homem e acaba sendo transformado em um zumbi.
Takashi corre de volta para dentro do colégio e decide fugir do colégio junto com seus amigos Rei e Hisashi. Só que agora já é tarde demais, o colégio está cercado de professores e alunos zumbis, e assim começa a história de sobrevivência desses adolescentes.

Eu gosto desse anime. Tem muita ação e sangue na medida certa, sem exageros. A trilha sonora também é muito boa e combina bastante com os acontecimentos. A minha única crítica é que a história poderia ter sido trabalhada melhor, mas em geral é um anime bem legal.



O Corvo (Os Simpsons)


Retrata a história d'O Corvo, de Edgar Allan Poe, de uma forma diferente e irreverente, como os Simpsons sempre são.


Jigoku Shoujo Futakomori





Esse anime é sobre um site que só pode ser acessado a 00h00min, em que você pode escrever o nome da pessoa de quem deseja se vingar e, com isso, ela será enviada imediatamente para o inferno. 
Enma Ai é uma garota de cabelos negros, que não tem expressão facial. Com a ajuda de três fiéis acompanhanete, Ichimoku Ren, Hone Onna e Wanyuudo, ela é a encarregada de fazer acontecer as vinganças das pessoas que acessam o site, chamado Jigoku Tsuushin, (Correspondência do Inferno). 
Como já era de se esperar, as coisas nunca são tão fáceis. Então, quando uma vingança é feita, dois túmulos são abertos. Ou seja, a pessoa que teve o nome inserido no site vai para o inferno imediatamente, porém, aquele que fez o pedido de vingança também irá para o inferno ao morrer.

O anime possui episódios distintos, em que cada um é focado em um caso diferente, mas com personagens fixos. Esses personagens vão evoluindo no decorrer da série e sempre é bem legal acompanhar esse crescimento. Além disso, as doses de susto são do tamanho perfeito. É uma história envolvente, que te prende desde o início.


♦ 3 SÉRIES

Bag of Bones (Saco de Ossos)


Essa minissérie, baseado no livro de Stephen King, conta a vida de Mike Noonan, um escritor que não consegue superar a perda da mulher, que morreu devido à um aneurisma quando estava grávida do primeiro filho do casal. Mike acaba sofrendo um bloqueio criativo e é atormentado por sonhos estranhos quando vai à casa de verão da família na cidade do Maine. Lá o escritor conhece Mattie, uma jovem viúva que luta contra o sogro pela guarda da filha, a pequena Kyra. Enquanto isso ele resolve investigar a história da casa após lidar com a aparição de fantasmas em sua casa, como o da sua esposa e o de Sara Tidwell, uma cantora de blues que morava no local.

Eu adoro essa história porque ela realmente dá aqueles sustos inesperados. Não aquilo de te mostrar o momento do susto. Ele vem quando você menos espera mesmo. (Para ler a resenha do livro, clique aqui)



Americam Horror Story - Murder House


A primeira temporada de American Horror Story, na minha opinião, continua sendo a melhor dentre as três já exibidas (expectativas altas para a 4ª temporada).
Bom, a história gira em torno da família Harmon, Ben, Vivien e Violet, que sem saber dos perigos pela frente, sai de Boston e vai para uma mansão em Los Angeles após Vivien sofrer um aborto e Ben ter um relacionamento extraconjugal. Logo após a chegada, eles encontram com os Landgons, com quem desenvolvem uma boa relação. Mas, no decorrer da trama, eles descobrem que a casa possui muitos mistérios e histórias inacabadas. Um ambiente sobrenatural, repleto de fantasmas.



Hermlock Grove


Hemlock Grove é um conto de mistério, assassinato e monstros que se passa em uma cidade da Pennsylvania. A série começa quando o corpo de uma jovem é encontrado em um velho moinho. Alguns moradores suspeitam de alguém que escapou da Torre Branca. Outros acreditam que o assassino pode ser Peter, um adolescente de 17 anos que diz a seus colegas que é um lobisomem. Ou poderia ser Roman, um garoto mimado e arrogante cheio de problemas. Enquanto o crime continua sem solução, os rumores se acumulam, e Peter e Roman decidem encontrar o assassino eles mesmos, confrontando as verdades indizíveis sobre eles mesmos e sobre Hemlock Grove.

Comecei a assistir o seriado bem depois de sua estreia e, olha, me surpreendeu. É uma atmosfera intensa e cheia de mistérios. E dá pra levar uns sustinhos!! rs



BÔNUS
Salem



A série é ambientada em Salem, nos Estados Unidos do século 17 e acompanha John Alden, um guerreiro que retorna após 7 anos e descobre que a cidade está em meio a uma grande histeria de bruxas, enquanto Mary, um amor do passado de John, é uma das principais e muito poderosa bruxa do coven(não, isso não foi um spoiler, afinal é revelado isso logo nos três primeiros capítulos)

Salem é uma série um tanto recente, mas que me ganhou de forma muito rápida. É um enredo pesado, feito para assustar e até causar nojo em alguns momentos.



♦ 3 EPISÓDIOS AVULSOS (especiais de Halloween) DE SÉRIES

Supernatural – It´s The Great Pumpkim, Sam Winchester


Uma bruxa sacrifica pessoas, em uma pequena cidade, para invocar um demônio que pode ser a chave que irá libertar Lúcifer. Para impedi-la, Castiel traz um anjo especial, Uriel, que, na verdade, planeja destruir a cidade.

Sou meio suspeita para falar de Supernatural porque é uma das minhas séries preferidas. Esse é um dos episódios de Halloween que eu mais gosto. Tem demônios, bruxas, zumbis... Tudo que é digno de um Halloween. Rs

Dexter - Let's give de boy a hand


Um perito forense da polícia de Miami ocupa seu tempo vago como um serial killer de criminosos que ele acreditar ter escapado da justiça. Nesse episódio, o misterioso assassino do caminhão de gelo eleva o nível de seus homicídios, deixando partes dos corpo de sua última vítima em lugares relacionados a algumas lembranças da infância de Dexter, fazendo com que o mesmo confronte as partes mais obscuras da sua história pessoal.

Dexter não é bem uma série de terror, mas eu acho bastante interessante. Esse episódio, em especial, se passa durante o Halloween, e Dexter se vê enfrentando fantasmas internos. No começo da série, ele diz uma frase que resume muito bem o que o essa data comemorativa representa para ele: "Eu amo o Halloween. O único momento do ano em que todo mundo usa máscaras... não apenas eu. As pessoas pensam que é divertido fingir ser um monstro. Eu, eu passo a minha vida fingindo que não sou um. Irmão, amigo, namorado - tudo parte da minha coleção de fantasias. Algumas pessoas podem me chamar de fraude. Vamos ver se serve. Eu prefiro pensar em mim como um mestre dos disfarces."

Buffy - Hush


Uma adolescente, destinada a matar vampiros, demônios e outras criaturas, lida com a sua vida na luta contra o mal ao lado de seus amigos.
Nesse episódio os moradores de Sunnydale ficam mudos após a chegada dos demônios conhecidos por The Gentlemen na cidade, que roubam a voz de todo mundo.

O diretor resolveu criar um episódio mudo após terem lhe dito inúmeras vezes que a parte crucial da série eram os diálogos entre Buffy e seus amigos. Na minha opinião, esse foi o melhor episódio da série. Os demônios têm o rosto assustador e a trilha sonho é intensa, se encaixando muito bem com a falta de diálogo. Ótimo mesmo.

BÔNUS
Are you afraid of the dark - The Tale of the Twisted claw


Essa série é conhecida como Clube do Terror, aqui no Brasil. Ela se baseia em um grupo de amigos (pré-adolescentes) que se reúnem ao redor de uma fogueira para contar histórias de terror inventadas por elas mesmas.
Os episódios costumavam passar no SBT, quando eu era criança, e eu adorava demais. Não perdia um. Decidi colocar aqui porque considero essa série o meu ingresso de entrada para o mundo do terror e suspense.

♦ 3 FILMES

Sweeney Todd


Benjamin Barker passou 15 anos afastado de Londres, após ser obrigado a deixar sua esposa e sua filha. Ele retorna à cidade ávido por vingança, agora usando a alcunha de Sweeney Todd. Logo ele decide reabrir sua antiga barbearia, porém a mesma não passa de uma fachada para vender as tortas feitas pela Sra. Lovett. Com o apoio dela Todd volta a trabalhar como barbeiro, numa sala acima da loja. Porém o grande objetivo de Todd é se vingar do juiz Turpin, que o enviou para a Austrália sob falsas acusações para que pudesse roubar sua mulher Lucy e sua filha. (Baseado em um musical da Brodway)

Definitivamente, meu filme favorito do meu diretor favorito, com meus atores favoritos. (Johnny Depp + Helena Bonham Carter + Tim Burton = <3)
Esse filme não tem só o elemento terror, mas ele é capaz de causar fortes emoções aos estômagos sensíveis. Além, disso a fotografia desse filme, em tons escuros, é linda. Destaque total para as músicas. 



Psicose


O filme narra o dia em que a secretária Marion rouba U$ 40 mil para se casar. Durante a fuga, ela resolve para em um motel na estrada, onde o dono é controlado pela mãe que não gosta de visitas. Ninguém podia imaginar, que sairia dali uma das mais famosa cenas do cinema, onde Marion é esfaqueada no chuveiro do banheiro.

Primeiramente, esse filme é um clássico. Segundo que ele foi dirigido por Alfred Hitchcock. Terceiro que ele foi eleito o 18º melhoe filme de todos os tempos e ganhou diversos prêmios. Ou seja, se não assistiu ainda, assista. É sensacional, psicológico, agoniante e aterrorizante.



Os Outros


Durante a 2ª Guerra Mundial, Grace (Nicole Kidman) decide por se mudar, juntamente com seus dois filhos, para uma mansão isolada na ilha de Jersey, a fim de esperar que seu marido retorne da guerra. Como seus filhos possuem uma estranha doença que os impedem de receber diretamente a luz do sol, a casa onde vivem está sempre em total escuridão. Eles vivem sozinhos seguindo religiosamente certas regras, como nunca abrir uma porta sem fechar a anterior, mas quando eles contratam empregados para a casa eles terminam quebrando estas regras, fazendo com que imprevisíveis consequências ocorram.

Minha gente, esse filme é suspense do início ao fim. E um dos melhores. Não posso falar muito dele porque vou acabar dando spoilers. Se ainda não assistiu, assista. Não vai se arrepender.



BÔNUS
O Sexto Sentido


O psicólogo infantil Malcolm Crowe abraça com dedicação o caso de Cole Sear. O garoto, de 8 anos, tem dificuldades de entrosamento no colégio e vive paralisado de medo. Malcolm, por sua vez, busca se recuperar de um trauma sofrido anos antes, quando um de seus pacientes se suicidou na sua frente.

Eu assisti esse filme quando tinha uns 11/12 anos, eu acho. Lembro que minha mãe e eu alugamos o VHS (veja bem como sou velha rs) e assistimos juntas. Coloquei ele aqui porque lembro de como o final me surpreendeu e de como eu levei alguns sustos durante o filme. Até hoje, acho um excelente filme.



♦ 3 LIVROS

O cemitério - Stephen King


Louis Creed, jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. Uma casa boa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos. Num dos primeiros passeios para explorar a região, conhece um cemitério no bosque próximo à sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. A princípio, Louis se diverte com as histórias fantasmagóricas do velho vizinho Crandall. Só aos poucos começa a perceber que o poder de sua ciência tem limites. 

Acredito que essa é uma das histórias mais terríveis escrita por Stephen King. Os personagens são suspeitos e estranhos ao mesmo tempo. O ambiente tem um ar de perigo. É uma obra que mostra como a dor e a loucura, muitas vezes, dividem a mesma estrada.

Histórias Extraordinárias - Edgar Allan Poe


O homem sempre sentiu medo, sobretudo daquilo que não pode entender,do incerto e porque não dizer do proibido. Talvez por isso o horror tenha algo que nos afaste, mas que também nos atraia e nos deixe fascinados. E foi desbravando essa estranha e ambígua sensação que o contista, crítico e poeta norte-americano Edgar Allan Poe se consagrou como um dos mestres do gênero do terror e o pai da literatura policial. Ambientes sombrios, ruas desertas, esquinas escuras, mansões malditas, assassinatos misteriosos e personagens sobrenaturais compõem a atmosfera gótica que tanto marcou suas histórias de terror. Poe detém o poder de envolver o leitor desde a primeira frase. Ele nos conduz pelo conto, deixando escapar apenas o que devemos saber naquele momento, mantendo o suspense até o desfecho invariavelmente inesperado. Mas suas fina ironia, seu sarcástico humor e suas inigualáveis lógicas e sagacidade também são elementos que cunharam a obra desse homem que influenciou de forma decisiva o conto moderno de horror. Ler as histórias de Edgar Allan Poe nos faz regressar aos tempos de infância, em que os maiores medos despertavam o horror, mas também deixavam um estranho desejo de sentir o corpo arrepiar, só mais uma vez. Uma experiência inigualável.

Esse livro reúne diversas histórias de Poe. Eu não sei ao certo o que dizer desse livro a não ser que ele é incrivelmente ótimo! Acho que é um livro que todos deveriam ver. Isso é terror, é suspende. Isso é Edgar Allan Poe.

O Mito de Cthulhu e Outros Contos – H.P Lovecraft


Seres de outras dimensões que no passado reinaram sobre o nosso planeta estão à espreita para reconquistá-lo! Poucos sabem disso. Artistas, pintores e escritores - almas sensíveis - vislumbram sua existência em sonhos ou em acessos de delírio. Grupos primitivos , por estranhas razões, os cultuam. E apenas alguns poucos homens, verdadeiros heróis eruditos, buscam pistas sobre essas criaturas e as estudam. São os únicos que podem nos proteger. Numa mistura de horror e ficção científica, esse é o enredo da maior parte da produção de Howard Phillips Lovercraft, escritor norte-americano responsável pela criação do mito de Cthulhu, criatura até hoje cultuada por seitas diversas. Os contos de Lovercraft e suas criaturas tiveram tal repercussão que chegaram a influenciar bandas de rock, como Iron Maiden, Metallica e Black Sabbath. Neste livro, reunimos alguns de seus contos mais importantes: O chamado de Cthulhu, O horror de Dunwich, Sussuros na escuridão e O assombrador das trevas.

Esse foi o primeiro livro do autor que eu li e, sinceramente, me arrependo de não ter lido antes. Os contos dele tem um clima tão sinistro que você se pega vivenciando os mesmos horrores que os protagonistas em diversos momentos. Leiam!!

♦ 3 HQs & MANGÁS


Creepy - Contos clássicos de terror


A revista Creepy virou o mundo das HQs de cabeça para baixo no começo dos anos 1960, quando artistas fenomenais como Joe Orlando, Alex Toth, Wallace Wood, Gray Morrow, Al Williamson, Frank Frazetta e muitos outros elevaram ainda mais seu nível artístico, com histórias de terror modernas e clássicas. Desde então, nenhuma publicação se empenhou tanto em trazer histórias de qualidade aos quadrinhos como a Creepy. Essa edição que eu indico traz todas as histórias dessa série macabra.

Uzumaki


Uzumaki conta a história de uma cidade assombrada - não por um fantasma ou demônio, mas por um padrão geométrico que domina a mente de seus habitantes. Suspence, terror, horror e uma pitada de drama estão presentes nessa obra.

Tomie


São contos bastante pertubadores sobre uma colegial chamada Tomie, que pode ser vista como a encarnação viva da lúxuria. Ela carrega consigo todo tipo de emoções negativas. Fria e manipuladora, faz com que todos os homens fiquem loucamente apaixonados por ela. Estes realizam todos os desejos e vontades dela, mas, eventualmente, acabam ficando extremamente ciumentos, Isso faz com que eles matem uns aos outros, na intenção de ter sua atenção exclusiva, mas, no auge da psicose e paranoia, eles a matam brutalmente. Só que Tomie é diferente, ela não é humana. Ela sempre renasce.

♦ 3 MÚSICAS


And When He Falleth - Theatre of Tragedy

Essa música retrata uma fala pecado, males do mundo. A melhor parte, na minha opinião, é o diálogo no final da música.



Feint - Epica

Essa música arrepia de verdade, assim como o clipe dela.



Doomsday - Murray Gold

Essa é uma música instrumental, que faz parte da trilha sonora da série Doctor Who. Eu a acho bem creepy. Rs




♦ 3 JOGOS 
Essa categoria não existe na tag orinal. Eu customizei essa parte. haha

Asylum (PC)


Esse game mostra um vislumbre de um dos maiores edifícios já incorporados em um jogo de vídeo: o Hanwell. A instituição da vida real é um dos mais antigos hospitais do Reino Unido para o deficientes mentais, e permanece até hoje.

Série Resident Evil (Xbox, PS)



Um incidente com um vírus mortal acontece nos arredores de uma cidade chamada Raccoon City. E é assim que tudo começa. Uma praga que transforma as pessoas em zumbis vai colocar o jogador para testar suas habilidades e sobreviver aos comedores de cérebro.

Então, na minha humilde opinião, Resident Evil foi perdendo seu brilho durante os anos. Aos poucos a série passou a ter muito mais ação do que terror. Lendo alguns reviews, eu vi que a maioria (ou todos) dos fãs consideram os 3 primeiros títulos, lançados para PS1, os melhores da franquia. E, coincidentemente, são os que eu escolhi para indicar. O jogo se focava em situações difíceis. Não dava medo dos monstros em si, mas dava medo de não conseguir matá-los, afinal a munição era contada e, em alguns momentos, você deveria fugir ao invés de lutar. E, isso era muito apavorante! haha
Série Silent Hill (Xbox, PS)


Tudo acontece em uma cidade amaldiçoada chamada Silent Hill, que já tinha poderes macabros. E o ritual para acordar o “Deus” da cidade só fez tudo piorar.

Silent Hill vei como uma nova proposta de terror. Esse jogo fez várias pessoas aceitarem que o games poderiam proporcionar tanto medo quanto os filmes. Sangue, figuras horrendas e sensação de desespero fizeram da série um espetáculo. Os games usavam do terror psicológico, o que pode ser muito mais aterrorizantes. E era isso que fazia a série ser ótima. Entretanto, a mesma também foi se apagando ao longo dos anos. Uma pena. 


Galera, espero que tenham gostado das dicas e desculpem pelos vídeos sem legenda. É que realmente os melhores não tinham. 
Beijos Literário e Happy Halloween!!


8 comentários: