Uma Canção para a Libélula Pt. II - Juliana Daglio

17:49 Helena Dias 15 Comments

Bom, não lembro se mencionei na resenha de Uma Canção para a Libélula - Parte I, mas eu sou beta reader da Juliana (carinhosamente apelidada por mim de Doce de Jiló). Eu comecei a ler a segunda parte do livro ano passado e terminei no começo desse ano. Posso dizer uma coisa a vocês, caros leitores: ESTÁ DESTRUIDORA!!

Mas, vamos ao que interessa!

Livro: Uma Canção para a Libélula - Parte II
Autora: Juliana Daglio
Editora: Deuses
Ano: 2015

Sinopse: Um segredo antigo, uma alma conturbada, uma comprida escada. Valéria agora está de frente com a verdade e com uma velha amiga, a Loucura.Depois de um final aterrador, Uma Canção para a Libélula - parte I, deixou leitores ansiosos pela sua continuação. A história da jovem pianista Vanessa, e sua luta contra a Vilã Cinzenta, conquistou corações pelo Brasil inteiro e agora tem seu desfecho. A Menina que se encontrou com a Libélula viveu um sofrimento extremo, mergulhando em sua alma obscura para nos contar sua história.
Dentro de um casulo escuro os segredos permeiam, envenenando toda a existência dessa família marcada por uma morte precoce. Diante das rachaduras há uma descoberta incrível: asas de diamante, um voo alto em meio às nuvens de um entardecer cor de algodão doce, e o encontro mais importante de uma existência. Seja forte agora, mas não contenha suas lágrimas. Ouça a Canção até o final.
SkoobFacebook

[Nota Pessoal]

Bom, o primeiro livro terminou com uma cena muito forte e tensa. Confesso que quase arranquei meus cabelos (e os da Juliana) com aquele final. Pois, minha gente, a tensão continua nessa segunda parte. Todos as questões que a autora deixa em aberto na parte um são respondidas na parte dois de forma muito fiel. Passamos a entender e conhecer melhor todos os personagens envolvidos na trama. 

"Senti uma lágrima fria cair no canto de meu olho esquerdo. Ele me olhava com desespero e dor, mas não tinha coragem para me tocar. Eu entendi aquela reação, é inevitável, involuntária. É algo que só os perturbados mentalmente entendem - as pessoas não gostam de tocar em nós. Sentem que estão piorando as coisas, ou ao menos é o que dizem. No fundo, a verdade é que temem que a escuridão as invada, que a loucura repulsiva seja contagiosa."

A Ju tem um jeito muito particular de escrever. A maneira como ela trata as palavras faz com que você se envolva dentro da história de tal maneira que parece fazer parte dela. Ela escreve de uma forma simples e fluida, mas ao mesmo tempo muito poética e delicada. Eu sinto que poderia ler os textos dela eternamente, várias e várias vezes.

"Então ele chorou a saudade incapaz, pelo que antes dizia tudo sobre meu coração que era puro de sons. Chorava por mim; através de mim, em cada nota que se abaixava naquele silêncio doentio, minha alma se esvaziava das lágrimas secas que não rolavam, mas que sonorizavam, sofridas, arrancadas bruscamente até a raiz, em cada movimento dos meus dedos. Não havia música, nem silêncio."
Diferente do livro anterior, nesse podemos contar também com algumas partes contadas através da visão de Valéria, a mãe de Vanessa, e de Nathan. Valéria é tão complicada quanto aparenta. Gradualmente, podemos entender mais sobre o que se passa em sua mente, o motivo pelo qual ela trata sua filha de maneira tão hostil e, principalmente, passamos a conhecer Valéria de verdade. Já o Nathan, recebe um destaque muito maior na história, se tornando tão importante quanto Vanessa (na minha humilde opinião). Aquele cara tímido que mal apareceu no primeiro livro, se tornou um dos maiores pilares de sustentação de todo o enredo. No decorrer da história, Nathan começa a mostrar sua verdadeira personalidade. Carregado de mistérios, ele é tão parecido com Vanessa que se torna o único que parece realmente entendê-la.

"Havia um sentimento tão ilusório em meu coração naqueles instantes! Era como se toda a minha vida tivesse sido uma preparação para aquele momento..." (Nathan)

Na continuação dessa belíssima história, é muito mais evidente o turbilhão de emoções que Vanessa carregada dentro de si. De forma clara e aberta, Juliana nos mostra que existe uma linha muito tênue entre quem você é e o que gostaria de ser. Pela primeira vez, a protagonista, apesar de sempre querer se mostrar forte, deixa exposta sua vulnerabilidade e como a Vilã Cinzenta a afeta em grandes proporções. Finalmente somos capazes de entender essa relação entre Vanessa e sua algoz; e a autora faz isso de uma maneira espetacular. Como comentei na resenha da parte um (se não leu, clique aqui), sou parte da estatística de pessoas que sofreram de depressão; e as cenas das recaídas de Vanessa e sua confusão mental me tocaram demais. São descritas de uma forma tão intensa e tocante que me senti revivendo cada momento do meu passado.

"Mordi os lábios, ainda processando o turbilhão de palavras, e sentindo a marca da alma de Nathan se tatuando em meu coração."
Não vou me estender muito, pois o livro é cheio de acontecimentos que não foram revelados na primeira parte e também de coisas novas. E, eu não quero falar demais e acabar dando spoilers. Essa duologia, com certeza, entrou para os meus favoritos. E, digo mais, essa obra intensa e emocionante é capaz de tocar qualquer pessoa. 

Enfim...
Além de toda essa emoção envolvida na trama, o livro possuiu algumas reviravoltas; e descobertas; e romance; e mais sentimentos; e um desfecho lindo. Dos cacos de sua alma, Vanessa encontra o brilho de um diamante. É o encontro final entre a menina e a libélula; o encontro mais importante de sua vida. Se eu recomendo? Meus caros leitores, vocês precisam ouvir essa canção até o final.

"Sou gente feita de diamante.
Feito nas profundezas, no improvável, do impossível."


P.S.: O lançamento do livro está previsto para o mês de junho!
Leia a resenha da Parte I, clicando aqui



Beijos Literários!



[OFF]
Para Doce de Jiló.
Ju, primeiramente, queria agradecer por entrar na minha vida e fazer dela muito mais colorida. Entre nossas ogrices e besteiras, confissões e histórias, dores e amores a gente se entende mais do que nunca. 
Obrigada por confiar em mim e por me permitir fazer parte desse seu trabalho tão lindo e emocionante. Só tenho a te desejar todo sucesso do mundo e que seu caminho seja cada vez mais iluminado e cheio de prosperidade.
Eu entrei nessa onda como uma simples blogueira, hoje saio daqui com uma amiga que levarei para vida inteira. Te adoro, xubiruba!! 

15 comentários:

  1. Lena, que resenha linda!! Já estou com o livro Uma Canção Part 1 e agora estou com muita vontade de lê-lo. Parabéns para a Ju também. Ela merece. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Tati!!

      Beijos e obrigada pela visita!!

      Excluir
  2. Eu preciso dizer que chorei?
    Meu Deus, que emoção ver meu baby aqui mais uma vez, nas palavras lindas de uma amiga tão querida!
    Não tenho palavras pra te agradecer por tudo, minha Bixcoita!
    Conhecer você foi um presente do Universo. Obrigada por tratar meu livro com tanto carinho e por ser minha beta :D

    amoooooooooooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chorooona!!! hahahaha

      Te adoro, doce de jiló!!

      Excluir
  3. Que leitora sortuda!!! Ler esse livro maravilhoso, enquanto nós pobres mortais sofremos com a espera kkkk. Amei a resenha e só me fez ter mais vontade de ler, ainda mais sabendo que o NATHAN vai aparecer muito mais. E que também terá partes da Valéria, sério, sei que ela pode não prestar, mas sempre quis entender a cabeça dessa mulher. E também tô torcendo pra nossa Vanessa superar o passado e seguir em frente. Quem sabe tem o esperado final feliz rs. Bjos Lena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Sa!!

      Obrigada pela visita!! Beijos.

      Excluir
  4. E senhorita Ju, minha Linduxa, vai me fazer chorar muito que eu sei haha. Mas eu tô muito ansiosa, quero que saiba que nós leitoras, te amos e amamos seu trabalho por que vc coloca o coração em tudo que faz e isso é muito precioso. Beijoka da sua fã aqui.

    ResponderExcluir
  5. Ler essa resenha da segunda parte do livro só aumenta a minha vontade de lê-lo. Parece ser o tipo de história impactante, que deixa sem ar no final. Parabéns pela resenha!

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Erica!! Espero que goste muito do livro!!!

      Beijos e Obrigada pela visita!

      Excluir
  6. Quanto tempo, Helena. E pra variar, adivinha! Amei sua resenha. Como não conhecia a série, você despertou em mim a vontade de lê-la. Sei que vou amar o/

    Ah, indiquei seu blog para uma TAG. Tudo bem? Quando puder, dê uma passadinha no blog para ler. *-*

    Abraços,
    Rodolfo
    Atributos de Verão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rodolfo!! Fico feliz que goste das minhas resenhas!! =D

      Vou dar uma olhada na tag e te aviso quando fizer!!

      Beijos.

      Excluir
  7. Adorei a resenha e simplesmente sem palavras. Se você conseguiu sentir tudo isso com o final do primeiro imagine eu. A Ju sabe o que faz e muito bem. Esse livro é envolvente e o segundo deve ser tão bom quanto.

    Parabéns.

    http://minhasprimeirasimpressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, você não tem noção!! A Ju arrasa demais!! rsrs

      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  8. A Resenha está perfeita!!! Se eu estava me descabelando para ler a continuação fiquei careca em poucos minutos lendo sua resenha Helena!!! Parabéns de coração!! A Relação que a Ju tem com a escrita é tão emocionante para o leitor e você conseguiu transmitir esse sentimento nessa resenha ( e graças ao bom Deus sem spoiller)..
    Abraços Giuli.

    www.clubedolivro15.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "( e graças ao bom Deus sem spoiller)" hahahahahahah... Eu sempre procuro fazer as minhas opiniões sem spoiler porque sei que não agrada!!

      Que bom que gostou!! Vai adorar o livro!!

      Beijos e obrigada pela visita!!

      Excluir