[LITERATURA EM MOVIMENTO] Tema do Mês - Maio

11:13 Helena Dias 12 Comments

Para aqueles que estão chegando aqui pela primeira vez, o Literatura em Movimento é um projeto de blogagem coletiva, idealizado pelo Café com Livro, junto com os blogs Da Literatura e Sacudindo as Palavras. Cada mês será disponibilizado um tema, sobre o qual os blogueiros participantes deverão elaborar um texto. Clique aqui e entenda melhor como funciona.

TEMA DO MÊS

Para o mês de Maio, ficou decidido que o tema seria:

Se fosse você o autor(a) de um livro, que livro seria esse?
E por que gostaria de ser o autor(a) dele?

Pois bem!! Vamos ao meu texto!!


O LIVRO IDEAL
e o motivo pelo qual o escolhi

Eu devo confessar que não foi nada fácil escolher apenas um livro. Decidi que iria me limitar apenas aos que eu favoritei e, mesmo assim, foi bem difícil decidir qual deles. Eu poderia escolher mais de um? Poderia, mas não quis. Na minha mente, eu queria escolher apenas um livro, um livro que não só me encantasse, mas que eu pudesse dizer "Ah, esse eu conseguiria escrever. Pena que não tive essa ideia antes". Foi uma luta árdua, caros leitores, mas finalmente eu venci a guerra e escolhi um livro.
Eu poderia escolher entre os grandes clássicos da literatura, mas também não o fiz. Ao contrário disso, escolhi um livro YA. Isso mesmo, você não leu errado. Eu escolhi um Young Adult. Acredito que muitos livros de tal gênero passam excelentes mensagens, e essas mensagens são direcionadas para os jovens de hoje, que (querendo ou não) são o futuro do nosso país. Não sei vocês, mas eu quero um futuro governado e povoado por pessoas pensantes. E, como dizem por aí, o jovem que lê hoje, é o adulto pensante de amanhã!

Enfim... Sem mais enrolação. Vamos falar do livro.

Eu escolhi esse livro pelo simples motivo de achá-lo lindo em vários aspectos. Desde a capa até forma como foi escrito e a história em si.

Antes que eu vá conta a história de Samantha Kingston. Sam, como é conhecida pelos amigos, tem tudo: três amigas fantásticas, a vaga mais bem posicionada no estacionamento da escola, a melhor mesa no refeitório, é super popular e namora o garoto mais cobiçado do colégio. Mas, aquela sexta-feira deveria ser apenas mais dia lindo na sua vida perfeita e mágica. Em vez disso, acaba sendo o último. Porém, ela ganha uma segunda chance. Sete segundas chances, na verdade. E, é revivendo o mesmo dia vezes seguidas que Sam desvenda os mistérios de sua morte, descobrindo as consequências de suas ações e o verdadeiro valor de tudo aquilo que está prestes a perder.

Durante os sete capítulos revivendo o mesmo dia na vida de Sam, é possível notar o amadurecimento da personagem e transitar entre os mais variados momentos da protagonista (confusão, raiva, tristeza...), até finalmente o momento em que ela entende o sentido daquilo tudo. É uma protagonista que não foi idealizada para ser uma heroína. Assim como os personagens secundários, Sam não foi feita para agradar ao leitor. Todos eles são gente como a gente, digamos assim. Eu achei isso uma baita jogada de mestre da autora; é original, diferente e eficaz. Além disso, a forma fluida como os capítulos vão acontecendo é ótima e, apesar de viver o mesmo dia, as coisas são diferentes, o que não deixa a história repetitiva.

O livro também trata do um tema muito comentado atualmente: o bullying. De uma forma sensível, com quantidades muito bem dosadas, conseguimos sentir na pele o lado das vítimas. Isso dá uma enorme profundidade ao livro, deixando implícito que as pessoas não são essencialmente boas ou más.

Esse livro carrega muita intensidade em suas palavras, capaz de tocar na alma de uma forma leve e emocionante. É uma leitura triste e linda ao mesmo tempo; repleta de lições de todos os tipos. Ele mostra que todos erramos, mas temos a oportunidade de consertar as coisas e aprendermos com as nossas falhas, mas, principalmente, ele nos ensina a não julgar o próximo.

Pelos motivos acima, pela sutileza do livro, pela sensibilidade em suas palavras, pela escrita simples e tocante, pela maneira como ele te emociona, pelo final sensacional, pelos personagens tão reais quanto a pessoa que vos escreve... Eu poderia continuar, mas acabaria por escrever uma tese sobre esse livro. Porque motivos não me faltam!

É isso aí, pe-pessoal!! Rsrs
Espero que tenham gostado e me diga nos comentários qual livro você gostaria de ter escrito.
Até o próximo mês com mais um tema do Leitura em Movimento!
E não deixem de checar os textos dos outros blogs participantes.



12 comentários:

  1. Oi Lena! Nossa, nunca ia imaginar que você escolheria esse livro. Já li resenha dele aqui e tinha ficado bem interessada, mas agora... eu NECESSITO ler esse livro rs. Cara, eu tbm ia querer escrever um livro assim, pq me parece incrível. Adoro histórias assim. Agora ele sai da lista dos desejados, para os próximos a comprar rs. Adorei sua escolha, bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sa!! Cê é uma fofa!! <3

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Lena,

    Não conhecia esse livro. Parece ser legal. bjs

    ResponderExcluir
  3. Não conheço este livro, porem gostei do que li aqui, parece-me uma ótima oportunidade de começar a gostar de YA, principalmente por se tratar de uma anti-heroína como protagonista. Afinal, poucas pessoas são tão boas como a maioria dos protagonistas de livros. Gosto destes livros, onde o personagem parece real, vivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou meio coisada pra YA, não é meu gênero preferido. Mas, confesso que andei me surpreendendo com alguns!!
      Também adoro personagens mais reais!!

      Beijos e obrigada por comentar!!

      Excluir
  4. Oi, Helena!

    Confesso que se eu olhasse somente a capa do livro que tu escolheu, acho que não me interessaria. Mas agora que conheço um pouco da história, fiquei intrigada para descobrir o que acontece no final, hehe! Adorei teu texto e todos os teus argumentos, parabéns :-)

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rafaela!! Até eu me surpreendi com esse livro. Achei que era um assunto completamente diferente do que realmente é!! haha

      Beijos e obrigada pela visita!!

      Excluir
  5. Oi, Helena, amiga que tem que vir morar aqui! rs
    Não sei se gostei mais da dica ou do teu texto pois ele está lindíssimo! A trama me pareceu bem interessante e a ideia da autora não é clichê, né? Achei bem legal.
    Vou ver se encontro pra comprar.
    Beijo, beijo.
    Karina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, sua linda que poderia morar perto de mim!! haha

      Sim, é bem diferente. Essa autora surpreende nos livros dela. Aliás, tem entrevista com ela aqui no blog!! Hehe

      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Helena!!
    Não conhecia esse livro e vou confessar que gostei bastante, vou colocar na minha lista de desejados agora mesmo.
    Gostei muito do texto.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Liziane!! Eu sempre indico esse livro porque ele me surpreendeu bastante!!

      Beijos e obrigada pela visita!!

      Excluir